Fábrica de chinelos do Cuanza Sul aumenta produção

2020-06-09

Uma fábrica da província do Cuanza Sul, denominada Tulikwatisse, especializada na produção de diversos modelos de chinelos, aumentou a sua capacidade diária, de 1000 para 1.800 pares, devido a solicitação dos distribuidores nas províncias do Cuanza Sul, Huambo, Benguela, Luanda e Huíla.

Sedeada na cidade do Sumbe, Cuanza Sul, a unidade fabril, que iniciou a produção no ano passado, uma iniciativa de empresários chineses, com um investimento inicial de cerca de três milhões de kwanzas, tem assegurado os 142 postos de trabalhos, apesar da crise provocada pela Covid-19.

A fábrica, em declarações a imprensa, realçou que “temos de aprender a viver com a crise, dai que continuaremos a assegurar que as distintas áreas, desde a produção, fitagem, pinturas, designs e empacotamentos estejam operacionais, com base em reajustes que asseguram o funcionamento pleno da fábrica”.

Partilha nas redes sociais: