Ministro da Economia e Planeamento Defende mais Investimento Chinês na Agricultura

2020-08-27

O ministro da Economia e Planeamento, Sérgio Santos, ressaltou, numa entrevista concedida a uma revista da China, que Angola procura expandir a cooperação com empresas chinesas que possam contribuir para o desenvolvimento do potencial agrícola e diminuir a importação de bens que podem ser facilmente produzidos em Angola.

Sérgio Santos lembrou que Angola pretende investir fortemente, a médio prazo, em projectos que visam contribuir para o aumento da produção de cereais, hortaliças, frutas e tubérculos, construção de perímetros irrigados, assim como incentivar a produção animal.
O responsável da pasta da Economia e Planeamento afirmou que gostaria de ver mais empresários chineses a explorarem as oportunidades de agro-negócio. Sérgio Santos apontou a produção de fertilizantes e de máquinas para lavoura como exemplo de oportunidades de negócios para os empresários chineses, tendo em conta que são bens essenciais à actividade agrícola e que Angola ainda não produz localmente.

Partilha nas redes sociais: