Ministro quer rigor no crédito ao empresariado

2020-05-24

O ministro da Economia e Planeamento, Sérgio Santos, recomendou um acompanhamento rigoroso do Instituto Nacional de Apoio às Micro Pequenas e Médias Empresas (INAPEM) às empresas contempladas com o crédito das linhas de financiamento do Estado, que começam a ser adjudicados no quadro da mitigação dos efeitos económicos negativos provocados pela pandemia do novo coronavírus.

O Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA), o Banco de Poupança e Crédito (BPC) e dois fundos - FADRA e FACRA - começam a interagir com os empresários que acabaram de assumir o compromisso com o Governo. A propósito, o ministro sublinhou que o protocolo se reveste de relevante importância, na medida em que se esgota o problema da falta de acompanhamento que se tem verificado em outras circunstâncias, em que os empresários receberam apoios e os mesmos foram empregues para outros fins.

Fonte: Jornal de Angola

 

Partilha nas redes sociais: